Cafés pelo mundo

Apesar do café ser o queridinho do Brasil e de sermos os maiores produtores de café no mundo, essa bebida é consumida em diversos países ao redor do planeta – e das mais variadas formas.

Sendo a segunda bebida mais consumida no Brasil (perdendo apenas para a água!), de acordo com o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), o café tem uma quantidade enorme de admiradores pelo mundo. Na lista dos países que mais importaram o produto brasileiro, estão os Estados Unidos, em primeiro lugar, seguidos pela Alemanha, Itália, Japão e Bélgica. Mas é claro que, além do Brasil, várias outras nações também exportam café, como o Vietnã e a Colômbia.

Independentemente da origem do produto, quando ele chega em seu paladar de destino, é acompanhado de uma boa dose de cultura local. Se o cafezinho da sua avó, que mora no interior de Minas Gerais, é servido de forma diferente do café que você toma quando vai visitar um amigo no Sul do país, imagina quando conhecemos países diferentes?

Finlândia – café com queijo

Kaffeost é uma bebida que consiste em cubos de um queijo chamado juustoleipä no fundo da xícara que recebem café quente por cima. Depois de beber o café, pode-se comer o queijo com uma colher.

Turquia – café com magia

A preparação do famoso café turco, ou Türk Kahvesi, merece ser vista – e apreciada – pessoalmente e, claro, in loco! A bebida é tão representativa que foi declarada pela UNESCO um patrimônio cultural imaterial da Turquia. O pó, extremamente fino, é misturado com água em um recipiente típico de cobre ou latão chamado cezve ou ibrik e, depois de fervida, a bebida não é filtrada nem coada. Pode-se também adicionar especiarias, como canela e cardamomo, além de açúcar. Para deixar a preparação ainda mais especial, a fervura do líquido pode ser realizada colocando-se o cezve sobre uma “cama” de areia quente. E a experiência não para por aí, depois de apreciar essa forte bebida, é comum realizar-se a leitura da borra (ou o pó depositado no fundo da xícara) do café! Várias mulheres são especialistas em ver a sorte e fazer previsões para a pessoa que tomou o café.

Vietnã – café com ovo

Cà phê trứng é uma mistura de gemas de ovos, leite condensado, mel ou açúcar (e às vezes queijo) que são batidos até formar um creme fofo, que depois recebe café quente.

Irlanda – café com Whiskey

A presença do Irish coffee já é muito comum em diversos bares e cafés do Brasil. O drink conta com café, Whiskey irlandês, açúcar e é coberto por uma camada generosa de chantilly.

França – café com leite

O famoso café au lait conta com partes iguais de leite vaporizado e café quente, geralmente servido em xícaras grandes, que agrada aqueles que gostam de usar a bebida para umedecer seus croissants de manhã.

Itália – café com limão

O Espresso Romano consiste em um café expresso servido com uma fatia de limão, cujo propósito é realçar os sabores do café. Às vezes, o limão também é esfregado na borda da xícara para acentuar sua presença.

México – café na panela de barro

O tradicional Café de Olla é preparado em uma panela (olla) de barro junto com canela e piloncillo, um tipo de rapadura. Outros temperos podem ser adicionados, como cravo-da-índia. Recomenda-se servir o café em xícaras de barro.

Senegal – café aromatizado

O grande diferencial do Café Touba é a adição de djar, ou pimenta-de-guiné, e cravo ou outras especiarias, que são tostadas e moídas com os grãos de café. A bebida é servida filtrada e geralmente adoçada.

É inspirador conhecer tantas formas diferentes de apreciar o café, não é mesmo? E esses são apenas alguns exemplos dos inúmeros outros que podem ser encontrados ao redor do mundo.

Quais destas combinações você gostaria de provar?

Leave a Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

0
xicaras de café especial homemhomem tomando café expresso capsula